Polícia Civil corrigiu o nome do foragido*

Responsável pelo município de Sagrada Família, a Delegacia de Polícia Civil de Jaboticaba divulgou nesta quinta-feira, 6 de dezembro, a foto de um foragido investigado por participar da morte de um jovem de 19 anos cujo corpo foi encontrado boiando nas águas do rio Uruguai, em Itapiranga (SC), no dia 2 de novembro.

Presidindo o inquérito, o delegado Gustavo Fleury informou que Gilvan Machado da Conceição, 20 anos, não foi encontrado pela polícia na manhã desta quinta-feira, quando agentes saíram para cumprir mandados como parte da apuração do caso nas cidades de Sagrada Família, Condor e Palmeira das Missões. Os profissionais apreenderam celulares e um veículo.

Em Sagrada Família, a PC prendeu durante a manhã um homem de 20 anos, também investigado por envolvimento no crime, ocorrido em 28 de outubro deste ano em Sagrada Família, onde residia a vítima, morta a facadas. O inquérito aponta que o cadáver de Asdrovaldi Ávila de Souza foi removido da cidade em um automóvel e, posteriormente, jogado em um rio, sendo encontrado cinco dias depois no rio Uruguai, perto de Itapiranga (SC).

Informações sobre a localização do foragido devem ser repassadas aos órgãos de segurança pública. Além do telefone de emergência 197, a Polícia Civil disponibiliza o celular (55) 9 8437-7806, para denúncias via aplicativos WhatsApp e Telegram.

Leia também: Corpo encontrado no rio Uruguai era de homem natural de Palmeira das Missões