No Rio Grande do Sul mais de 30 mil meninas já foram vacinadas na primeira etapa da campanha nacional de prevenção ao Papilomavírus Humano (HPV) que começou na segunda-feira, 10, e se estende até o dia 10 de abril. A iniciativa é do Ministério da Saúde em parceria com a Secretaria Estadual da Saúde (SES) e os municípios.

Em Frederico Westphalen, a ação deve vacinar gratuitamente, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), 661 meninas com idades de 11 a 13 anos. O cronograma da vacinação no município se encerra dia 28, na Escola Monsenhor Vitor Battistella no distrito de Castelinho, às 13h30.

Para receber a vacina basta apresentar a carteira de vacinação, caderneta do adolescente ou documento de identificação. A imunização consiste em três doses da vacina, sendo a segunda seis meses após a primeira e a terceira cinco anos depois. 

A primeira vacina será feita nas escolas e as seguintes serão aplicadas nas unidades de saúde. Em 2015 a vacinação será dirigida às meninas de 9 a 11 anos, e no ano seguinte, às meninas de 9 anos. Pais ou responsáveis poderão assinar o Termo de Recusa da Vacinação contra HPV caso não queiram participar do programa. 

HPV

O vírus é transmitido por contato direto com pele ou mucosa infectada, principalmente em relações sexuais, e pode causar câncer de colo do útero. O diagnóstico precoce possibilita o tratamento antes que a mulher desenvolva o câncer.

Natalia Nissen