A Central Única das Favelas (CUFA) lançará na próxima quinta-feira, 24, em todo o Brasil, o programa “Mães da Favela ON”, iniciativa que distribuirá 500 mil chips de telefonia para mães já cadastradas e atendidas pela organização, visando conectar 4,5 milhões de pessoas à internet. A proposta, que tem o intuito de promover a democratização digital nas comunidades, soma-se a uma série de medidas adotadas pela instituição, a fim de amenizar os impactos do avanço da pandemia.

Cada mãe contemplada, receberá 1 chip da Tim e, durante 6 meses, terá direito a 24h por dia de WhatsApp ilimitado, 24h por dia de ligações para todo o Brasil e para qualquer operadora, 1 GB de Internet livre por mês, 24h de Internet controlada, ou seja, com acesso a conteúdos de educação, negócios e cultura, tendo a curadoria da UNESCO, facilitando, inclusive, o acesso ao ensino remoto,  método utilizado pelas instituições de ensino.

Para efetuar o pré-cadastro, as mães devem entrar em contato através da página CUFA Frederico Westphalen, no Facebook, ou via (055) 9 9721 0671, Guilherme Henrique da Silva, responsável pela inscrição. 

Na região, serão cadastradas mães em Nonoai/RS, Itatiba do Sul/RS e Seberi/RS. 

O projeto é uma realização da CUFA, Tim e da empresa Alô Social.

 

*Por: Cufa-FW