De acordo com a UNESCO (2020), universidades e escolas fecharam suas portas no dia 4 de março, devido à pandemia de Covid-19, atingindo estudantes da Educação Básica ao Ensino Superior, sendo um quantitativo expressivo e bem significativo em todos os países do mundo. Por esse motivo, a Psicopedagogia é de suma importância para auxiliar nas lacunas causadas por esse período pandêmico nas crianças, pois a suspensão das aulas presenciais e a inserção da tecnologia contribuíram para que a aprendizagem e o desenvolvimento dos alunos sofressem mudanças e afetassem seu desempenho, favorecendo para o aumento de problemas de aprendizagem. 

Sendo assim, o psicopedagogo é o profissional que busca estratégias para atenuar os impactos que afetam direta ou indiretamente no processo de aprendizagem, além de identificar as possíveis causas que estão interferindo no desempenho escolar, visando garantir o bom andamento das atividades e contribuir para que a inclusão escolar aconteça.

A Psicopedagogia pode auxiliar na prevenção com a Psicopedagogia Institucional, ou na superação do problema, com a Psicopedagogia Clínica. A institucional atua no ambiente escolar de ensino, assessorando a direção e direcionando estratégias como também, no auxílio ao corpo docente, para que criem estratégias que visem a superação dos problemas de aprendizagem relacionados aos alunos. Já a Psicopedagogia Clínica é o trabalho relacionado aos problemas específicos que cada paciente apresenta, sendo assim, o foco principal é no indivíduo, analisando, investigando e intervindo nas suas formas de aprendizado.

Psicopedagogia é sinônimo de aprendizagem e, por isso, precisamos compreender fatores que compõem essa aprendizagem, sendo eles: percepção, linguagem, socialização, afetividade, pensamento, atenção e memória. Vale lembrar que alguns desses componentes desenvolvem-se sozinhos, conforme a criança entra em contato com o meio que está inserida, porém, se esse meio não promove esse desenvolvimento ou priva que ele ocorra, como foi nesse período pandêmico, poderemos ter alguns desajustes na aprendizagem.

Psicopedagogo

O psicopedagogo é o profissional que favorece para que essas dificuldades possam ser atenuadas ou sanadas pela intervenção psicopedagógica e através das orientações adequadas destinadas para a escola e a família. É por esse motivo que as escolas precisam estar preparadas para identificar os sinais precoces e encaminhar ao profissional para uma avaliação, buscando a minimização ou até mesmo a solução para o problema através de um plano interventivo.

Frente a esse quadro e aos impasses causados pela pandemia a todos os indivíduos que estão em fase de aprendizagem, fica claro a importância do trabalho do psicopedagogo nas interfaces e vertentes de toda e Educação, para que possibilite estratégias que potencializem a capacidade de aprender de cada sujeito.