Em virtude de problemas para ratificar ata da reunião que firmava a participação do PSL na coligação Frederico Pode Mais, a agremiação optou por retirar-se da chapa, que segue com a participação do PDT e PSB.

Confira a nota completa: