O presidente da Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia (CINDRA), deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), lamentou o abandono das aduanas nos municípios gaúchos de Tiradentes do Sul e Porto Vera Cruz, localizados no noroeste do Rio Grande do Sul, junto à fronteira com a Argentina. A situação levou o parlamentar a encaminhar nesta segunda-feira (10) ofício à Secretaria da Receita Federal solicitando uma saída para o impasse.

O parlamentar lembra que o Brasil caminha para a instalação dos free shops e o fechamento das estruturas de fiscalização representa um duro golpe neste sentido. “No exato momento em que a fiscalização precisa se fortalecer, nos chega a informação de que elas estão sendo inviabilizadas”, criticou. Jerônimo disse ainda que a ausência da Receita nos municípios pode incentivar a prática de atividades criminosas, como o contrabando. Com a saída da Receita Federal de Tiradentes do Sul e Porto Vera Cruz, o comércio e o trânsito internacional na região devem ser proibidos.