Mais uma morte por dengue foi confirmada no Rio Grande do Sul, de acordo com dados da plataforma de monitoramento de arboviroses da Secretaria Estadual de Saúde (SES). Desta forma, o RS soma este ano 35 óbitos pela doença. 

O número de mortes por dengue em 2022 já é mais do que o triplo observado em 2021, quando 11 óbitos pela complicação ocorreram. A maior parte das pessoas que morreram este ano tinha 70 anos ou mais (25). Outras dez que faleceram estavam com idade entre 10 e 59 anos.

Dentre os municípios, Igrejinha é aquele que tem mais mortes no RS em 2022 (seis). Em seguida aparecem Horizontina, com quatro, e Novo Hamburgo, com três. Em Porto Alegre, duas pessoas morreram pela dengue. A SES também notifica 28.056 infecções por dengue este ano, das quais 23.357 são autóctones (adquiridas dentro do território do Estado). 

Fonte: Correio do Povo