Fomentar o desenvolvimento regional e incentivar investimentos produtivos que agreguem renda e qualidade de vida aos seus associados, são compromissos do novo Plano Safra anunciado pela Cooperativa no lançamento digital, ocorrido na quinta-feira, 25, através de uma live disponível nas redes sociais da instituição (Youtube e Facebook). Com origem na agricultura familiar, a Cooperativa vem mantendo-se sempre ao lado do produtor rural, disponibilizando programas e linhas de crédito diferenciadas para apoiar as diferentes necessidades de custeio, investimento e comercialização dos associados.

Confiando no potencial e oportunidades geradas pelo agronegócio - considerado a locomotiva da economia nacional, a Cooperativa projeta mais recursos aos seus associados no Plano Safra 2020/2021, que se inicia em 1º de julho. Segundo a presidente Angelita Marisa Cadoná, “a nossa origem na agricultura familiar combinada com a essência cooperativista e o propósito de fazer juntos têm sido a receita do crescimento dos associados e do Sicredi – hoje considerado referência no agronegócio brasileiro, onde nos destacamos como a 1ª instituição em liberações do Pronaf Investimento Pessoa Física (BNDES) e a 3ª instituição em carteira ativa de crédito rural com mais de R$ 25 bilhões, sendo a primeira entre as cooperativas de crédito em ambas as categorias”.

Na última safra, a Cooperativa injetou mais de R$ 408 milhões na economia regional, por meio da liberação de mais de 7,6 mil contratos de crédito rural, dos quais 85% foram destinados à projetos de custeios e investimentos na agricultura familiar. De acordo com o diretor executivo Márcio Girardi, “o volume de recursos liberados foi 41% superior ao período anterior e destinado à projetos de diversos segmentos e cadeias produtivas, com destaque ao Pronaf Moradia, onde a Cooperativa liberou R$ 8 milhões de reais em 191 operações, apoiando a realização de sonhos e contribuindo com a melhoria da qualidade de vida das famílias.  Nos últimos quatro planos safras, os valores destinados à agricultura familiar cresceram 122%, chegando a R$ 227,3 milhões liberados e 6.451 contratos realizados, consolidando a representatividade da Cooperativa nas regiões onde atua”.

Plano Safra 2020/2021

Neste novo ciclo o Governo Federal projeta a retomada do investimento e a garantia de um abastecimento contínuo, razão pela qual prevê um volume de recursos de crédito rural de R$ 236,3 bilhões (evolução de 6,1%) para atender demandas dos pequenos, médios e grandes produtores. O aumento mais significativo de recursos foi destinado ao Pronamp (crescimento de 25,1%) e ao Pronaf (crescimento de 5,7%). Dentre as principais alterações realizadas, destacam-se: (1) redução das taxas de juros; (2) inclusão de possibilidade de financiar a construção ou reforma em propriedade de terceiros (Pronaf Moradia); (3) aumento do limite individual no Pronaf Coletivo; (4) alteração do Pronaf Eco para Pronaf Bioeconomia; (5) obrigatoriedade de apresentação das coordenadas geodésicas; (6) alterações nas alíquotas de Proagro; e (7) maior incentivo para contratação do seguro agrícola.

“A Cooperativa lança seu Plano Safra preparada para atender com agilidade os nossos associados que já contam com seus limites de custeio pré-aprovados. Além disso, elevamos em 15% o Valor Básico por Cultura (média), preparamos as equipes para orientação e consultoria ao associado e garantimos os R$ 455 milhões necessários para atender as demandas nos próximos 12 meses e para iniciar as liberações de operações a partir de 1º de julho”, destaca o diretor de negócios, André Zanon.