Nascida no interior de Frederico Westphalen, na linha Getúlio Vargas, e filha dos agricultores Ângelo Pavan e Maria da Silva Pavan, a mulher dos cortes de cabelo, penteados e colorações, troca gentilezas e se emociona ao lembrar da família e de toda caminhada até aqui. Nesta edição, a nossa Bella é fonte de fortaleza e inspiração. Andreia Pavan, com 37 anos, trabalha idealizando sonhos, criando e recriando novas e infinitas versões com habilidade e magia. “Eu trabalho com todo o contexto de beleza externa, mas acredito que nada disso adianta se não estiver (re)vestida com um sorriso no rosto. A beleza é um conjunto, entre a produção e a expressão facial, com um sutil e discreto toque de felicidade”, disse.

Mas quem é Andreia? É uma apaixonada por emanar boas energias, organizar a rotina, lutar por causas sociais e se dedicar a família. Casada com Isac Dalpiva e mãe do pequeno Bernardo Pavan, desde muito nova começou a trabalhar. Aos 16 anos de idade iniciou sua caminhada como auxiliar de manicure e pedicure em um salão de beleza, e aos poucos foi tomando gosto pela profissão.

Do instituto a cabeleireira! Andreia conciliava trabalho e estudo dia e noite. E durante esse processo de descobrimento, três anos se passaram e novos desejos foram tomando forma. Entre cursos, oficinas e palestras, ela foi refinando conceitos e aperfeiçoando seus conhecimentos no mundo dos cabelos. “Foi então que eu decidi: vou abrir meu próprio negócio”. Alugou uma sala comercial de 25m² e abriu seu primeiro salão de beleza em 2002. “Eu fui tomando gosto pelo trabalho, me encantava com os cortes e penteados e percebi que podia oferecer um trabalho personalizado, encantar as clientes e transformá-las em suas melhores versões”, expressou ela, com um sorriso carinhoso e ainda tímido ao lembrar, cheia de orgulho, dos seus 18 anos de carreira.

O prazer da conversa nos levou a memórias guardadas lá atrás, aquelas memórias que expressam quem somos: sobre o que a representa e sobre os caminhos que a vida seguiu. “Quando criança, com mais ou menos 10 anos de idade, brincava com amigas e primas de instituteira”. Você já ouviu falar nessa expressão? Me permita relembrar: instituteira é uma expressão antiga das mulheres que trabalhavam com salão e era conhecido como instituto de beleza. E desde então, ela nunca mais parou. Persistente e determinada, cruzou as linhas do estado em busca de novos aprendizados. Rio Grande do Sul nunca limitou os sonhos de uma mulher com alma empreendedora. De Porto Alegre a Curitiba, São Paulo e Bahia, Andreia foi subindo, crescendo e construindo degrau por degrau a sua trajetória, até que chegou o momento de alçar novos voos.

Em 2011, sentiu a necessidade de se arriscar novamente. Holanda e Paris era o seu próximo destino de desembarque. Foram 12 dias intensos de foco, coragem e determinação. Na Holanda, participou de cursos profissionalizantes em cortes, coloração e mechas. Enquanto em Paris, visitou uma das feiras mais renomadas do mundo, a Intercoiffure, que reúne grandes mestres cabeleireiros, os quais mais se destacam no mundo da beleza e da moda. E foi nesse momento que ela expandiu ainda mais os seus horizontes, “foi a partir desse instante, que eu percebi que precisava estudar novamente. Procurar cursos e se especializar na área”, relatou.

O universo da beleza é muito amplo e passar por essa experiência, para Andreia, “foi um processo gigantesco”. E foi assim que ela começou a mudar e adquirir novos hábitos, para delimitar suas metas e desejos.

Inovação

Após anos de trabalho, ela tinha uma meta especial: construir o seu próprio espaço em Frederico Westphalen. Para além de uma mulher empoderada e empreendedora, o salão Andreia Pavan fecha as suas portas e nasce o Spa Realce em 31 de janeiro de 2018.

- Aqui eu construí o que eu sempre sonhei. Depois de visualizar um universo totalmente diferente do que eu estava acostumada, eu senti que a hora havia chegado e tudo o que eu guardei ao longo de anos, estava na hora de reconstruir e se ressignificar -, acrescentou ela, com os olhos carregados, ao compartilhar uma mistura de sentimentos da longa caminhada que hoje a torna referência regional no assunto.

Mas o Spa Realce tinha um propósito maior. Proporcionar um ambiente confortável para atender noivas, debutantes e formandas. Esse era e continua sendo o maior sonho de Andreia Pavan.

- Eu sempre desejei atendê-las, essa era a minha meta profissional! Mas no antigo salão o espaço era limitado. Tínhamos apenas atendimento de cabeleireira, manicure, pedicure e maquiadora. E foi então que surgiu a oportunidade de construir e fazer tudo como sempre idealizei para oferecer um lugar especial. Para que cada mulher se sinta à vontade em uma parte exclusiva somente para ela e suas convidadas. Uma individualidade e um serviço personalizado oferecido por toda a nossa equipe-, destacou Andreia.

Serviços personalizados

Cabeleireira, Manicure e Pedicure, Maquiadora, Massoterapeuta, Fisioterapeuta, Esteticista, Nutricionista, Extensora de cílios, Depiladora, Especial Dia das Noivas, 15 anos e formandas.

O Salão carrega em sua história, dois anos de profissionalismo, confiança e amizade. E é por isso que o referencial de excelência é constante. Não são funcionárias, são profissionais colaboradoras, onde cada um ocupa o seu espaço, cresce e reinventa. Também não são somente colaboradoras, são amigas e companheiras de vida. Cada uma com a sua história e seus sonhos em um mesmo espaço onde tudo acontece. O Spa Realce se (re)conecta e nada passa despercebido pela tradicional agenda de anotações. “Nos prezamos muito pela pontualidade para com as nossas clientes, com organização e tranquilidade tudo flui perfeitamente”.

Entre os infinitos penteados, tem espaço para uma massagem relaxante, uma maquiagem toma cor, as unhas ganham novos formatos, os cílios ganham novos tamanhos, o corpo compreende a necessidade de uma alimentação saudável, a noiva realiza o seu sonho e a formanda inicia o fim de um ciclo. Tudo ao mesmo tempo e na mesma sintonia. Trocando experiências e compartilhando sonhos. “Isso faz a vida ser mais leve. Eu ajudo elas e elas me ajudam em um processo crescente. Tudo é uma troca mútua e isso nos faz crescer, juntas!” suspirou e sorriu.

Mas o Spa Realce não para por aí. 2020 chega com gostinho de novidade. Será que vem novas salas e novos profissionais? A nossa Bella revela em breve o que está reservado para esse novo ano.

A transformação

Além de penteados, cortes e colorações, Andreia transpira cuidado e delicadeza desde o primeiro atendimento. Para cada cliente, separa tempo e preocupação para analisar e personalizar, por meio do visagismo, o resultado final.

- Elaboramos primeiramente a ficha técnica da pessoa, onde eu anoto todas as respostas da cliente. Após isso, eu faço uma análise completa, desde palavras positivas e negativas sobre o que ela deseja. A gente desmistifica a visão que ainda não está muito clara, analisa as cores de cabelo, os traços do rosto, a expressão facial, sobrancelhas, olhar, nariz, boca e tom de pele. Tudo é analisado para que o resultado final seja um conjunto para realçar e rejuvenescer a imagem externa.

A nossa Bella é o que ela transmite, paz e tranquilidade, tanto na vida profissional quanto pessoal. Os olhos brilham e alma transcende emoção, em um jeito tão genuíno de ser! Não é apenas a Andreia Pavan, sua missão vai além. Ela é regada de energia positiva e transmite em sua essência, verdade e comprometimento. E tudo isso reflete no cuidado com cada cliente, na concentração para cada penteado, na liberdade com cada mecha e a sensibilidade para propor algo novo. Sem de longas, ela é energia, autoconfiança e montada de devaneios.

“Ser cabeleireira é algo maravilhoso e mágico. Porque eu sei que está em mim o poder da transformação, com capacidade e dom para compreender e concretizar sonhos”, completa, ao sublinhar que vive cada momento como se fosse único. Spa Realce é bem-estar e aconchego, Andreia é cuidado e atenção. Spa Realce é a construção de sonhos, Andreia é idealização, profissionalismo e comprometimento.

- Eu gosto da companhia das pessoas, de estar rodeada de amizades e clientes. O negócio foi aumentando e tomando outras proporções. Se engana quem pensa que Andreia se limita apenas ao espaço do salão. De Frederico Westphalen, ela faz ponte em Gravataí a Nonoai. Se arrisca, monta equipe e se joga! Entre indicações que o profissionalismo da cabeleireira quebra paradigmas e rompe os horizontes e transcende espaços físicos.

Ela foi sonhando e desejando cada vez mais. Queria outros profissionais ao seu redor e hoje possui o que deseja!

Para Você, ser Bella é?

Ser Bella é ter metas e objetivos claros e definidos. É ser reconhecida em seu trabalho e como pessoa. Ser Bella é ter empatia, sorrir para a vida e ser feliz!