Durante entrevista ao programa Café com Futebol, o atual presidente do União Frederiqunse, Edison Cantarelli, revelou que deverá permanecer na direção do clube, mas em outro cargo, nas categorias de base, mais precisamente, como vice-presidente de futebol amador. 

– Não posso e também não tenho interesse pela questão (continuar na presidência), várias pessoas que estão hoje na direção vão continuar, e me propus a assumir a categoria de base. Então vou ficar como vice-presidente de esportes amadores, porque eu vejo que a médio e longo prazo, é a única saída para ter um clube no interior, viável financeiramente. Digo com muita tranquilidade para o nosso torcedor, que se a pandemia fosse em outro momento, talvez o clube tivesse fechado as portas. Só conseguimos manter os nossos compromissos, porque os empréstimos em banco que nós fizemos, tínhamos capital, imóveis para dar de garantia. Se o União Frederiquense não tivesse o patrimônio que conquistou nos últimos anos, certamente seria muito difícil ficar com o clube aberto – declarou durante a entrevista.

Com a aprovação do projeto Pró-Esporte no governo estadual, o clube já pode dar início as atividades na categoria sub-19, mas depende da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) definir as datas da competição. Além do cargo de vice-presidente, o clube já possui dois coordenadores nas categorias de base, Douglas Rinaldi e Jaílson Zatta, em parceria com a empresa RZ Sports. Ambos já trabalham no clube ao gerenciar as escolinhas do União Frederiquense em mais de 10 municípios da região e deverão dar continuidade ao projeto.