Buscando cada vez mais qualificar a infraestrutura do clube, o União Frederiquense realizou mais um importante investimento visando não apenas a preparação para o Gauchão, mas o futuro do clube.

Com constante cuidado no tratamento do gramado, o Tricolor adquiriu um novo maquinário para o corte da grama, com o sistema de corte helicoidal. Recentemente, integrantes da empresa Erikana Professional Mowers, prestadora de serviços e consultora do clube neste tema, estiveram em Frederico Westphalen para a montagem do equipamento e início das atividades.

– O sistema de corte helicoidal corta por meio de cisalhamento e não por desgarramento, que é o caso das cortadoras circulares. As máquinas mais comuns, que a gente tem para cortar são circulares, elas batem na folha da grama e desgarram o tecido. Isso quando temos uma grama de alta qualidade, com essa do tipo bermuda que está plantada aqui, já não é possível fazer um corte bom com a máquina de circular. Então precisamos de uma máquina de corte helicoidal, estas máquinas justamente se caracterizam pela alta qualidade do seu corte e são as utilizadas por todos os clubes da série A tanto aqui no Brasil, como na Europa. Tudo que é gramado de primeira linha gramado de uso profissional é cortado com sistema de corte helicoidal – explicou o engenheiro agrônomo da Erikana, Eduardo Agazzi.

Já conforme o vice-presidente do União Frederiquense, Edison Cantarelli, é um investimento a longo prazo do clube.

– Investimos cerca de R$ 68 mil no gramado e parte desse recurso foi destinado para a compra da máquina de corte helicoidal. Só Grêmio, Inter, Juventude e nós vamos ter, e isso vai deixar o gramado sem ondulações. Nosso gramado tem condições de estar entre os quatro melhores do Rio Grande do Sul e vamos poder dar condições melhores aos jogadores para que o espetáculo seja melhor. Assim como todas as obras de infraestrutura no clube, estamos correndo contra o tempo, mas com muito trabalho, vamos entregar as melhores condições possíveis para o início da competição – frisa Cantarelli.

Até o momento, a Arena União Frederiquense passa por obras de ampliação nas arquibancadas e melhorias no gramado e, por isso, a equipe do técnico Daniel Franco treina em campos cedidos pelas comunidades do município. Nas próximas semanas, a equipe profissional deve iniciar as atividades no gramado da Arena.

*Com informações Assessoria do União Frederiquense